Projetos de Pesquisa

Linha de Pesquisa
Historia da produção humorística no Brasil
Objetivo: Estudo do humor brasileiro – entre os anos de 1920 e 1950 – recolocando-o na perspectiva de se analisar as diversas e variadas linguagens das manifestações humorísticas. Analisar os destinos peculiares da linguagem humorística a partir do desenvolvimento e propagação das novas tecnologias de comunicação social na transição dos anos 1920 para os anos 1950, observando as características de seu impacto sobre indivíduos e sobre o público em geral e o âmbito de seus potenciais de centralização, homogeneização e conversão ideológica sobre um amplo espectro de grupos sociais, inclusive seu potencial de agenciamento e mobilização política. Acompanhando parte do cenário internacional, a cultura cômica integra-se numa nova cultura do lazer e do divertimento, que se desdobra coletivamente em suas projeções desejantes, evasivas, compensatórias e conformistas. Como outras experiências culturais de uso cotidiano, o desejo do riso – não raro, imiscuído atrás da  opacidade da simples diversão – poderia revelar estruturas de sentimentos nas quais as experiências de vida são sempre aludidas, colocadas nas entrelinhas, não narradas. Até que ponto elas afirmavam ou destoavam da cultura hegemônica que impunha significados orgânicos, narrativas contínuas e temporalidades projetadas – estas reiteradamente reduzidas à narrativa pedagógica inerente ao Estado ou produzida por este?.

Palavras-chave: Brasil; Comicidade; Critica Cultural; Cultura Popular; Humor; Nacionalismo.

Historical narratives and the polyphony of the Brazilian humorous language (1930-1960)

Description: Is humour an essential part of human nature, an instrument in the service of the perpetuation of the species? Or is it a cultural product changeable through time, fluid and historically generated? While recent studies in the field of neurobiology respond affirmatively to the first question, human sciences are providing important answers to the second one. Traditionally viewed by the historiography as disposable items, or, at best, as moments that relieve analytic generalisation, is a hermeneutical and research effort valid to understand the humorous manifestations, raising them from ephemeral daily life to privileged indexes of the Brazilian cultural history? Is there a Brazilian humorous language as a singular cultural artefact or as a resignification of other universal standards of humorous language? This project is a continuation and an expansion of the research on the cultural history of humour in Brazil – synthesised in the book Raízes do Riso – developing some themes approached in an essayistic way and exploring other sources and alternative materials.

Professor in charge: Elias Thomé Saliba (etsaliba@usp.br)

 

Projetos em Andamento:

  • O riso e os dilemas de uma ética emotiva: perspectivas para uma história cultural do humor brasileiro, 1880-1960.
    Início: 2015
    Descrição: Estudo das várias modalidades de narrativas humorísticas, a partir das grandes teorias da comicidade, acentuando a historicidade das diferentes linguagens e territórios da produção humorística. Reflexão sobre a validade dos padrões cômicos brasileiros na construção de inúmeros circuitos alternativos de sociabilidade e de um espaço da divergência, de crítica da linguagem e de limiares pouco subservientes aos significados hegemônicos da cultura..
    Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) . Integrantes: Elias Thomé Saliba – Coordenador.
    Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Bolsa.
    Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 38
  • História Cultural do Humor no Brasil – As narrativas históricas e a polifonia da linguagem humorística brasileira (1930-1970).
    Descrição: Estudo do humor brasileiro entre os anos de 1920 e 1989 – recolocando-o na perspectiva de se analisar as diversas e variadas linguagens das manifestações humorísticas. Analisar os destinos peculiares da linguagem humorística a partir do desenvolvimento e propagação das novas tecnologias de comunicação social na transição dos anos 1920 para os anos 1950, observando as características de seu impacto sobre indivíduos e sobre o público em geral..
    Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (7) .
    Integrantes: Elias Thomé Saliba – Coordenador / Paula Esther Janovitch – Integrante / Patricia Tavares Raffaini – Integrante / Leandro Antonio de Almeida – Integrante / Rosane Barguil Pavam – Integrante / Camila Rodrigues – Integrante / Andrea de Araujo Noqueira – Integrante / Norma Côrtes – Integrante / Francis Melvin Lee – Integrante.

 

Projetos Encerrados:

  • As narrativas históricas e a polifonia da linguagem humorística brasileira (1930-1960)
    2011-2014
    Descrição: O humor é parte essencial da natureza humana, instrumento a serviço da perpetuação da espécie? Ou um produto cultural mutável no tempo, fluido e historicamente gerado? Apesar das recentes pesquisas na área da neurobiologia responderem afirmativamente à primeira pergunta, as ciências humanas vêm fornecendo respostas importantes para a segunda questão. Tradicionalmente vistas pela historiografia como artigos descartáveis, ou, quando muito, como momentos que aliviam a generalização analítica ? será válido um esforço hermenêutico e de pesquisa para compreender as manifestações humorísticas, elevando-as do cotidiano efêmero a índices privilegiados da história cultural brasileira? Existe uma linguagem humorística brasileira como um artefato cultural singular ou como resignificação de outros padrões universais de linguagem humorística? Este projeto constitui-se numa continuação e numa ampliação da pesquisa sobre a história cultural do humor no Brasil – sintetizada no livro Raízes do Riso – aprofundando alguns temas tratados ainda de forma ensaística e explorando outras fontes e materiais alternativos..
    Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .
    Integrantes: Elias Thomé Saliba – Coordenador.
    Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Bolsa.
    Número de produções C, T & A: 18 / Número de orientações: 3
  • Sobrevivendo no cotidiano da piada pronta: o humor como forma de representação da história brasileira (1920-1950).
    2008-2010
    Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (2) . Integrantes: Elias Thome Saliba – Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Bolsa.
    Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 3
  • Raizes do Riso: a representação humorística na história brasileira, 1870-1940.
    Coordenador: Elias Thomé Saliba.
    1999-2004.
    Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) . Integrantes: Elias Thome Saliba – Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Bolsa.
    Número de produções C, T & A: 23
Anúncios